ATLÂNTIDA

Atlântida – Da realidade ao mito

Atualmente pouco sabemos sobre a real localização da cidade perdida de Atlântida, no entanto, pesquisas apontam a sua localização no oceano atlântico, entre as Américas do Sul e Central e a África. Sabendo-se que nessa área existe uma imensa placa tectônica e que se a Atlântida existia sobre essa divisa de placas, não é estranho dizer que com um cataclismo global as placas tectônicas ao mover-se engoliram literalmente toda a cidade perdida.

atlantidaplacastectonicas

Todos os textos antigos, de todas as culturas, relatam que por volta de 11 mil anos trás um cataclismo gigante devastou a vida da terra com uma inundação sem precedentes. Atualmente sabemos que falhas em placas tectônicas ao mover-se causam gigantes ondas, chamadas de tsunamis. Um cataclismo global em escala maior, atingindo as placas tectônicas que dividem a África e Europa das três Américas causaria um tsunami jamais imaginado pelo homem, engolindo assim ilhas inteiras, como foi o caso da Atlântida.

A história mais conhecida sobre esse cataclismo é descrita na Bíblia, onde Noé foi escolhido por Deus para fazer uma arca e assim salvar-se da grande inundação ou dilúvio. Noé foi alertado em sonho por Deus, de que isso ocorreria e foi então que ele fez a arca, separando casais de animais e sementes de todas as espécies, a fim de garantir a existência dos mesmos após o dilúvio.

No mesmo período em que Noé faz a arca, um ser chamado THOTH, conhecido como “O Atlante”, chega às terras do Egito em sua carruagem de fogo. Ele após instalar-se em território Egípcio, foi o criador e construtor da pirâmide de Gizé (a maior de todas as pirâmides já construídas na terra), que ainda hoje tem sua construção misteriosa.

THOTH foi o responsável pela introdução de um novo estado de consciência naquela sociedade, evoluindo-os como humanos e incluindo naquela cultura a escrita, matemática, física, arquitetura e religião monoteísta. Incorporou o sistema de irrigação, facilitando assim a agricultura local.

THOTH também deixou como herança para os povos da terra um conjunto formado por 12 placas, que continham seus ensinamentos, as chamadas TÁBUAS DE ESMERALDA DE THOTH.

A cultura Atlante era evoluída, dotada de uma ligação direta com o TODO. Os remanescentes Atlantes que conseguiram escapar do cataclismo de destruiu Atlântida tinham inteligência muito superior aos humanos comuns, sabiam sobre os pontos nevrálgicos terrestres e como usar o magnetismo da terra em favor da arquitetura por exemplo.

Eram seres elevados espiritualmente, viviam numa cadeia de ilhas onde todos eram donos da terra e todos trabalhavam em prol do bem comum.

O governador era escolhido entre os mais sábios e governava até o fim de sua vida. Tinham uma cultura monoteísta, acreditando num ser supremo (O TODO) que os guiava através de intuições, sentimentos e sensações.

Para os que buscam maiores informações sobre os Atlantes, recomendo uma série de vídeos da Tv fechada chamada Infinito, que segue nos links abaixo.

-> A CONEXÃO ATLANTE – Parte I
-> A CONEXÃO ATLANTE – Parte II
-> A CONEXÃO ATLANTE – Parte III
-> A CONEXÃO ATLANTE – Parte IV
-> A CONEXÃO ATLANTE – Parte V

 Para saber mais sobre THOTH, clique no link abaixo:

>>> THOTH – O ATLANTE <<<

%d blogueiros gostam disto: